Fotos

Photographer's Note

Marvão

Bem próxima com a fronteira de Espanha, situada entre Castelo de Vide e Portalegre, no ponto mais alto da bonita Serra de São Mamede, na região Alentejana, encontra-se a encantadora Vila de Marvão.
Num ambiente de paz de espírito e tranquilidade, rodeada por muralhas do século XIII e do século XVII, Marvão ergue-se bem alta esta histórica vila de ruas sinuosas e branco casario, mostrando que o tempo não é tão rápido e veloz como tantas vezes parece.
Os vestígios históricos da região remontam aos períodos Paleolítico e Neolítico, tendo sido encontrados inúmeros menires e antas, bem como uma importante estação romana, que atestam a longevidade destas paragens.
A sua localização estratégica, por se encontrar no ponto mais alto da Serra de São Mamede, com difíceis acessos, que serviram como protecção natural, e tão próxima da fronteira, fez com que fosse um bastião defensivo Português durante séculos, travando-se aqui diversas batalhas e lutas políticas.
O toponimo “Marvão” deriva de Ibn Marwan al-Yil’liqui, conhecido por “o Galego”, um guerreiro Mouro que criou uma espécie de reino independente sedeado em Badajoz, e que procurou refúgio em Marvão, corria o século IX.
Ao visitar Marvão tem-se a certeza de se visitar a própria história, que corre nestas ruas estreitas de arquitectura alentejana, heranças góticas, manuelinas e testemunhos medievais de outros tempos e mesteres, marcados no típico granito local.
O Castelo e as imponentes muralhas do século XIII são monumentos inesquecíveis da Vila, mas Marvão tem bem mais para oferecer, como a Igreja Matriz do século XV, a antiga Igreja de Santa Maria, hoje interessante Museu Municipal, albergando colecções etnológicas e arqueológicas da região.
Localizada bem às portas do Parque Natural da Serra de São Mamede, do alto de Marvão tem-se vistas surpreendentes sobre toda a envolvente área, destacando-se pontos como a Torre de Menagem ou a Pousada de Santa Maria, de onde se conseguem panoramas fenomenais.
Fora das muralhas, merecem igualmente destaque a Capela do Espírito Santo e o Convento de Nossa Senhora da Estrela, cuja santa padroeira se diz ser milagrosa e ser o motivo de protecção do reino, concretizando-se anualmente as festividades a ela dedicadas, muito concorridas e afamadas na região.

www.guiadacidade.pt

Bom Ano de 2011

Nikon D40X
2010/12/26 15:25:09.9
Compressed RAW (12-bit)
Image Size: Large (3872 x 2592)
Color
Lens: 10-24mm F/3.5-4.5 G
Focal Length: 11mm
Exposure Mode: Manual
Metering Mode: Spot
1/100 sec - F/11
Exposure Comp.: 0 EV
Sensitivity: ISO 100
Optimize Image: Custom
White Balance: Preset
AF Mode: AF-C
Color Mode: Mode IIIa (sRGB)
Tone Comp.: More Contrast
Hue Adjustment: +3°
Saturation: Enhanced
Sharpening: Medium high
Long Exposure NR: Off
VR Control: Off
High ISO NR: Off

Reserved copyrights: The present photograph is intellectual workmanship protected by law 9610/98 being forbidden to the reproduction for any way without the previous authorization in writing it author. Please contact Gonçalo Lopes

Docarmo, wgreis, Juntas marcou esta nota como útil

Photo Information
Viewed: 3597
Points: 80
Discussions
  • None
Additional Photos by Goncalo Lopes (Bluejeans) Gold Star Critiquer/Gold Star Workshop Editor/Gold Note Writer [C: 9250 W: 115 N: 13285] (64251)
View More Pictures
explore TREKEARTH